The Reconnection® & Reconnective Healing® .




The Reconnection®  - Reconnective Healing®

“É hora de saber que somos luz e permitir à sabedoria que criou o corpo, fluir por ele”

A Reconexão é o retorno à nossa essência. Acelera o processo Evolutivo, encaminha para realização do propósito de vida. É Progresso de vida!

A Cura Reconectiva é o retorno ao equilíbrio. Proporciona a realização da Plenitude, a nível físico, mental, emocional, espiritual e outros níveis.
 



Formação : Participei dos  Seminários I, II e III em Buenos Aires, na Argentina de 19 a 23 de novembro de 2010. Realizei a avaliação de certificação em novembro de 2011 e ingressei no programa de qualificação de mentores e instrutores The Reconnection Team em março 2012.

Catarinense, nasci em Florianópolis, atualmente atendo em meu consultório em São Paulo · SP 11 4116 1268 · 48  8836 6471 (WhatsApp)

Me dedico a oferecer sessões The Reconnection® / Reconnective Healing® - Reconexão,  Cura Reconectiva, e Cura Reconectiva a distância, em todo o Brasil e em todo o mundo, integrando a equipe internacional The Reconnection Teaching Team.

Unindo pontas soltas ao longo dessa, e quem sabe de outras, existências, o Universo, inspirou e ‘acertou os ponteiros’ para que essa equilibrada, e nada sutil, freqüência de "luz, energia e informação” que acertadamente denominam ‘A Reconexão’ me encontrasse.

É uma preciosa e precisa ressonância a que nos faz dobrar uma esquina na existência e esbarrar, com surpreendente admiração, na certeza que o impossível não existe!


Ainda que eu não a reconhecesse de imediato, A Reconexão se apresentou – de que tenho lembrança agora – quando assisti ao vídeo: "The Living Matrix” em setembro de 2009.

Fiquei fascinada com as possibilidades que se manifestavam na área da saúde, cura, bem estar e felicidade. Praticante de diversos sistemas de cura desde 1998 e com formação em Terapia Bioenergética pela Multiversidade (RJ) em 2006, oferecia e aplicava um conjunto de ferramentas que estavam ao meu alcance até este momento, entre estas numa escala de eficiência a EFT (Emotion Freedon Techniques) era a mais rápida, segura e eficaz em termos de resultados efetivos, seguida da Auto-hemoterapia, Orgonioterapia, Acupuntura, Do-In, Massoterapia e Quiropraxia, Reiki, Ho’oponopono (do sistema de cura Huna – Hawai), Artes manuais-marciais-musicais. Mantive atendimento, orientação e consultoria on line, presencial, individual e para grupos, entre 2006 e 2010 no meu "Attelier Holístico – Uma Alkimica Art&xperiência em Terapias Holistícas" Instrumentos de auxílio para a Cura Universal.

A partir deste Treinamento, há um inegável salto evolutivo em minha experiência de vida e área de atuação, e me dedico exclusivamente a oferecer sessões The Reconnection® e/ou Reconnective Healing®, viajo o Brasil e o mundo realizando atendimentos e participando dos treinamentos como Instrutora na equipe internacional TheReconnection Teaching Team. Acompanhe minha agenda, é uma honra facilitar sua experiência, eu posso estar em uma cidade perto de você!

Para agendar sessão entre em  CONTATO  - 11 4116 1268 · 48  8836 6471 (WhatsApp)
 

Quer saber se isso é para você? Olhe para dentro de si, pois…
“Se a Reconexão ressonar em você, 
é o sinal mais evidente de que é para você!”
… e o Universo se moverá para que aconteça!



 


“Muitos são os que estão cegos, e os que enxergam,

geralmente ficam cegos pelo que vêem”

 

“O que está por trás de nós e o que está diante de nós são matérias minúsculas comparadas ao que está dentro de nós.”
(Ralph Waldo Emerson)

 

“Existe uma matéria pensante, uma substância mental, da qual todas as coisas são feitas, e que, em seu estado original, permeia, penetra, e preenche os interespaços do universo.
Um pensamento nesta substância produz aquilo que é imaginado pelo pensamento. O homem pode dar forma às coisas em seu pensamento, e imprimindo este pensamento na substância amorfa, pode causar aquilo que ele pensa sobre a ser criado.”
– Wallace Delois Wattles



“Se você for afortunado, sua cura
virá de forma apropriada.

Mas se você for realmente afortunado,
a sua cura virá de uma forma
que você nem poderia sonhar
- aquela que o Universo tem
 especificamente para você. “
- Dr. Eric Pearl


Imprensa:
Vídeos e entrevistas com Eric Pearl e Karla Kinhirin 

Para agendar sessão entre em  CONTATO


Este blog não será mais atualizado,
o material publicado aqui será mantido como histórico do meu trabalho, caminho de aprendizado, e como fonte de informações.
Mais detalhes acesse: www.ReconectarBrasil.com 



.

Wilhelm Reich - A Revolução Continua

A Revolução Continua




Mais de 50 anos após o médico psicanalista Wilhelm Reich ter descoberto o que chamou de energia orgone e desenvolvido os estudos revolucionários da Orgonomia, o assunto continua muito pouco divulgado e compreendido. Para falar mais sobre isso, entrevistamos Ailton Bedani, psicólogo, orgonomista e orgonoterapeuta, membro da Associação Wilhelm Reich do Brasil e fundador do Laboratório de Pesquisa e Leitura de Forma.

Como está hoje a situação dos profissionais que seguem a linha de Wilhelm Reich, especialmente no que diz respeito à utilização de aparelhos como o acumulador de energia orgone? Eles são reconhecidos pelas associações de classe? Sabe-se que os aparelhos são vendidos e utilizados em várias partes do mundo. Como é isso no Brasil?

    A invenção do acumulador de energia orgone (ou ORAC, sigla para Orgone Energy Accumulator) precisa ser abordada no contexto da pesquisa científico-natural reichiana, nunca isoladamente. Duas décadas de investigação, em distintas áreas científicas, conduziram Reich à descoberta da energia orgone cósmica e à elaboração dos ORACs. E, após a invenção dos acumuladores, a pesquisa reichiana continuou desenvolvendo-se por mais dezessete anos. Para lidar com os aparatos orgonômicos, inclusive o ORAC, é fundamental que o pesquisador conheça a totalidade da obra reichiana, pois só assim compreenderá as premissas das quais Reich partiu e entenderá como uma descoberta levou a outra. As pessoas que constroem acumuladores, mas carecem de uma visão de conjunto da obra reichiana, geralmente realizam uma pesquisa mecanicista (que não alcança a dinâmica da energia orgone), nutrem infundadas ilusões sobre os efeitos curativos dos ORACs e, ainda, correm o risco de prejudicar a própria saúde. Há certos cuidados e critérios que envolvem a construção e utilização de acumuladores (por exemplo: não se deve construir ORACs perto de fontes de raio X); além disso, para se mapear o funcionamento de um acumulador, em dado lugar, é preciso realizar, no mínimo por um ano, um amplo conjunto de medições.

    Há orgonoterapeutas que indicam o uso de ORACs ao longo do processo terapêutico. Nesse caso, é de suma importância que o terapeuta tenha uma sólida formação em física-orgone, pois, se nem todo orgonomista trabalha como orgonoterapeuta, todo orgonoterapeuta é, antes de tudo, um orgonomista (ou seja, uma pessoa familiarizada com a pesquisa das funções orgonóticas atmosféricas e cósmicas).

    É importante lembrar que a função básica do ORAC é reter um potencial orgonótico pouco maior do que o do meio que o circunda. Nesse ambiente órgonótico específico propiciado pelo acumulador é possível realizar experimentos e medições que nos ensinam não só sobre os efeitos da energia orgone em seres vivos, mas também sobre o estilo de funcionamento da energia orgone atmosférica.

Pesquisas sobre o funcionamento do ORAC foram e continuam sendo realizadas por grupos reichianos de vários países. Mas eu não disponho de informações sobre a comercialização de ORACs, no Brasil ou em outros países.

A idéia de Reich, de que a energia orgone é a matéria fundamental do universo estaria relacionada com teorias similares e milenares da cultura oriental, hoje tão comuns no Ocidente? O que é, exatamente, o orgone e como Reich chegou até essa concepção? Existem provas científicas de sua existência?

    Para compreender o que é a energia orgone e o significado científico de sua descoberta é preciso retomar o trajeto científico-natural cursado por Reich ao longo de seu trabalho.

    Wilhelm Reich (1897-1957) foi um médico e cientista natural que, por quase quarenta anos, desenvolveu uma ampla pesquisa sobre os processos energéticos primordiais, vitais. Ele começou estudando a bio-energia e depois descobriu uma força básica que move tanto os seres vivos quanto o cosmos. Esse novo tipo de energia foi experimentalmente comprovado por Reich no período de 1939-1940 e então nomeado de energia orgone cósmica. Nesse momento, nasce também a Orgonomia — a ciência que se dedica ao estudo das manifestações da energia orgone no micro e macro cosmos, no vivo e no inanimado. Contudo, o surgimento da Orgonomia é a expressão de aproximadamente 20 anos de trabalho (Reich inicia sua obra em 1920). E, após a descoberta do Orgone, Reich continuou desenvolvendo a Orgonomia por mais dezessete ou dezoito anos, até sua morte, em 1957.

    Simultaneamente a essa pesquisa sobre os processos energético-vitais, Reich desenvolveu três técnicas terapêuticas: a análise do caráter (1923-1934), a vegetoterapia caractero-analítica (1934-1939) e a orgonoterapia (1939-1957). E também um novo método de pensamento e pesquisa: o funcionalismo orgonômico.

    A energia orgone pode ser observada em suas manifestações visuais, térmicas e motoras, e pode eventualmente produzir reações vegetativas em um sujeito submetido a determinados potenciais orgonóticos. Como afirmei acima, também pode ser quantificada e acumulada em um ORAC (acumulador de energia orgone). Para caracterizar as funções e a singularidade da energia orgone, Reich realizou muitos e pormenorizados estudos laboratoriais, nos quais descreveu, inclusive, as diferenças entre a energia orgone e outras formas de energia, tais como a energia eletromagnética e a nuclear.

    Com o advento da Orgonomia, surgiram algumas promissoras áreas de pesquisa: a Física-orgone, que se dedica à pesquisa da energia orgone nos domínios da atmosfera e do cosmos; a astrofísica-orgone, que investiga a relação entre a energia orgone e a criação e movimento dos corpos celestes; a biofísica-orgone, que pesquisa os fenômenos orgonóticos em seres vivos; a orgonoterapia, que aplica as descobertas da Orgonomia à prática terapêutica, etc.

    Quanto a sua afirmação de que o orgone é a matéria fundamental do universo: de fato, a energia orgone preenche o cosmos, mas não é uma matéria ou substância, mas sim, uma energia que em seu estado puro é livre de massa. Daí a denominação Energia Orgone Cósmica Livre-de-Massa, tantas vezes utilizada por Reich.

    A obra de Reich não teve nenhuma influência direta das filosofias orientais. Aliás, Reich fez questão de descrever detalhadamente todos os experimentos que comprovam a existência da energia orgone justamente para não ser confundido com pensadores de orientação mística, metafísica ou religiosa, que falavam de uma energia cósmica, mas não se preocupavam em demonstrar cientificamente sua existência.     Podemos, obviamente, classificar Reich entre aqueles pesquisadores que acreditaram que a energia é anterior à matéria ou que postularam que processos energéticos básicos dão origem à matéria (na verdade, Reich investigou como a desintegração da matéria produz processos energéticos, e também como a fusão de correntes orgonóticas gera substâncias materiais). Mas não podemos esquecer o enorme salto, o ponto crucial da teoria reichiana, ou seja: Reich não apenas acreditou em uma energia primária, como também demonstrou cientificamente sua existência. Assim, acreditar ou não na energia orgone não é para nós, orgonomistas, uma questão de fé ou de crença, mas sim de experimentação científica.

Que tipo de vantagem existe na utilização das técnicas da orgonoterapia?

Inicialmente, é preciso falar um pouco sobre o que é a orgonoterapia:
a) Uma terapêutica que, por via direta, deriva-se de uma ciência criada por Reich (a Orgonomia), mas que, historicamente, beneficia-se das descobertas e desenvolvimentos de outras duas técnicas reichianas: a Análise do Caráter e a Vegetoterapia;
b) Uma terapêutica que utiliza um específico método de investigação (o Funcionalismo Orgonômico) e uma específica técnica de espelhamento das funções energéticas (a Orgonometria), ambos desenvolvidos por Reich;
c) Uma terapêutica que, em meu ponto de vista, precisa levar em consideração as específicas pressões atuais a que estão submetidas as pessoas (principalmente a pressão criativa, a pressão de autonomia, a pressão de ser expressivo e a pressão do estar aqui);
d) Uma terapêutica que, tendo sempre como estofo a dinâmica dos processos energéticos, trabalha simultaneamente com os ramos somáticos e perceptivos do ser humano;
e) Uma terapêutica que, além do assim chamado trabalho verbal, faz uso também de uma série de exercícios, de procedimentos que lidam diretamente com as funções somáticas e perceptivas;
f) Uma terapêutica que tem um claro objetivo de cura: a retomada da pulsação orgonótica (quando, obviamente, isso for possível).

A Orgonoterapia tem-se revelado altamente eficaz para lidar com disfunções tais como a depressão, a síndrome do pânico, os estados confusionais, os transtornos de personalidade, etc. Porém, é bom lembrar que, em orgonoterapia, procuramos ver o indivíduo como um todo. Isso significa que o orgonoterapeuta não trabalha um sintoma específico, mas o funcionamento global do indivíduo, pois são as disfunções bioenergéticas do funcionamento global que dão origem às mais variadas patologias físicas e psíquicas.

Existe uma contradição básica no que se fala sobre Reich. Por um lado, ele é considerado um gênio. Por outro, quando se menciona o orgone, ele é atacado. Por que isso?

    A falta de trabalhos que contemplem com seriedade o conjunto da obra de Reich, somada à disseminação de meias-verdades, informações incorretas e deslavadas mentiras são fatores que têm impedido uma avaliação ponderada e honesta sobre a pesquisa reichiana.

Como mencionei anteriormente, só é possível compreender a especificidade da obra científica reichiana (a investigação dos processos energéticos primários) se acompanharmos o singular trajeto percorrido por Reich, desde sua participação no movimento psicanalítico até as últimas descobertas da orgonomia. Do início da década de 20 até o final dos anos 50, Reich transitou pelas mais variadas áreas do conhecimento (biofísica, biogênese, física, química, filosofia, sociologia, medicina, biologia). E para seguir a trilha dessa inovadora pesquisa é preciso uma razoável formação em ciências naturais e filosofia — o que nem sempre é o caso dos que se aproximam da teoria reichiana. O mais comum é vermos pesquisadores fixados nesta ou naquela fase da obra de Reich.

    Mas há ainda duas outras e mais complicadas dificuldades. A primeira diz respeito ao núcleo, ao fio condutor da pesquisa reichiana: a sistemática investigação da convulsão orgástica do plasma. Foi essa investigação que conduziu Reich à descoberta da energia orgone e a vários outros e fundamentais feitos científicos. Para muitos, é inconcebível que a investigação da função do orgasmo possa ter conduzido um sexólogo à descoberta de uma energia cósmica e primordial, mesmo que esse sexólogo tenha demonstrado detalhadamente a identidade entre processos energético-sexuais e fenômenos energéticos na Natureza.

    A outra dificuldade refere-se ao método de pesquisa. Os processos bioenergéticos profundos, assim como a energia orgone cósmica, não funcionam e não podem ser compreendidos a partir das leis da mecânica. Aliás, Reich insistiu várias vezes que nem o mecanicismo, nem o misticismo eram sistemas de pensamento hábeis para abordar a dinâmica e especificidade da energia orgone. Na opinião dele, as leis de funcionamento da energia orgone só poderiam ser apreendidas por uma metodologia funcional, ou melhor, por um funcionalismo energético. Porém, a abordagem funcional nem sempre é a regra, pois ainda é muito forte a tentativa de aplicar as leis da mecânica ao funcionamento profundo do vivo.

É possível separar as teorias e idéias de Reich em aceitáveis e não-aceitáveis? Elas não estão intimamente relacionadas?

    Como mencionei há pouco, as descobertas de Reich, principalmente sobre a Orgonomia, devem ser testadas e experimentadas cientificamente. Reich descreveu detalhadamente suas descobertas, justamente para que os pesquisadores pudessem reproduzir os experimentos em laboratório. Mas vale ressaltar que não se trata apenas de refazer experimentos; há também uma questão metodológica envolvida, indicando-nos que é preciso uma perspectiva funcional para se trabalhar com a teoria reichiana (ou melhor, para se trabalhar com processos bioenergéticos ou com uma energia cósmica).

O que se pode dizer sobre a idéia de Reich a respeito da presença de OVNIs e extraterrestres em nosso planeta lutando pela posse do orgone? Parece que, de maneira geral, as pessoas evitam falar sobre isso.

    De fato, a presença de OVNIs foi tema de investigação das últimas etapas do trabalho de Reich, durante suas pesquisas sobre a energia orgone atmosférica. Essas pesquisas, assim como todas que a antecederam, merecem um tratamento científico, ou seja, uma abordagem honesta, não só sobre os relatos experimentais legados por Reich, mas também sobre a lógica da pesquisa energético-funcional, pois foi essa lógica que o conduziu, inclusive, à investigação dos OVNIs.

Para Saber Mais:
www.org2.com.br

O ORGONE DE WILHELM REICH CONTRA OS CHEMTRAILS E OVNIS

 

Site dedicado a Wilhem Reich www.orgonelab.org fundado pelo investigador James deMeo (Ph. D).

»« Uma Alkimica Art&xperiência em Terapias Holísticas »«




»«»« Attelier Holístico Art&xperiência»«»«
 - Arterapia & Alkimia -
»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«

Contato Com Tato

Uma Alkimica Art&xperiência em Terapias Holísticas
Instrumentos de Auxílio para a Cura Universal

»« REIKI »«
»« ARTES MANUAIS-MARCIAIS-MUSICAIS »«
»« Consultoria e orientação Holística »«
»«

Sobre Terapias já dizia Sócrates...
"Se alguém busca obter saúde, pergunte, em primeiro lugar,se futuramente está disposto a evitar as causas de sua dor— só depois procure ajudá-lo."
"Si alguno busca obtener salud, pregunte, en primero, si en lo futuro el esta disposto a evitar las causas de su dolor - solo después le procure ayudar."

»«
As terapias não substituem as bases indispensáveis à boa saúde 
— alimentação e estilo de vida -
Qualquer terapia é uma "muleta", um "instrumento" de auxílio para o organismo se auto-restabelecer.

O efeito duradouro só existe se a pessoa estiver CIENTE, consciente, que terá que mudar
— em sua alimentação e em seu estilo de vida —
os fatores que estão provocando o problema .

Las terapías no substituen las bases indispensables a la buena salud - alimentación y tipo de vida. Qualquiera terapía es una muleta que ayuda lo organismo si reestabelecer. Terapías solo tienen efectos duradoros se la persona esta ciente, conciente que tendrá que cambiar - en su alimentación y en su tipo de vida - los factores que estén a producir lo problema.
»K«

 Um convite a assumir a responsabilidade 
- habilidade de responder -
por sua cura!
Una invitación para asumir la responsabilidad - habilidad de responder - por su sanación!
Lembrando sempre que toda terapia corporal é um tratamento complementar - não substitui outro tratamento - e que outras mudanças devem ser estabelecidas e mantidas para uma melhor qualidade de vida. 

Recuerda siempre que toda la terapía es uno tratamiento complementar y que otros cambios deben ser estabelecidos para una mejor qualidad de vida.


»«

Karla Kinhirin
Terapia Corporal · Quiropraxia
Consultoria e Orientação Holística
desde 1993 



Multiversidade - formando praticantes, terapeutas, facilitadores, cuidadores - do presente!
SER em constante construção, mutação, transformação ... assim como este blog ...
»« »« »« »« »« »« »« »« »«»« »« »« »« »« »«


... mais sobre Terapias




As palavras Terapia e Holística tem raízes na língua Grega.
A Terapia vem da palavra Therapeía e significa tratamento com o objetivo de equilibrar, harmonizar.

Em sua etimologia original significa 
Servir a Deus.
A Holística vem da palavra Holos 
e significa totalidade, o todo.
Portanto, Terapia Holística significa:
Servir a Deus 
Equilíbrio do Todo
 Harmonização do Todo.
A Terapia Holística é um tratamento de desequilíbrios bioenergéticos.

Os desequilíbrios bioenergéticos não se encontram somente no corpo físico, pois tem sua origem principalmente nas emoções e pensamentos desequilibrados.
"A causa de todas as emoções negativas é uma interrupção no fluxo energético do corpo(EFT)

Holístico vem de Holos, todo, o conjunto, porque dentro do conceito holístico as doenças não se devem a apenas uma causa, mas devem ser analisadas dentro de um todo, o homem não é apenas seu corpo físico e perecível, o homem sente, pensa, e este sentir e pensar interferem em sua constituição.

Analisemos um caso simples, uma febre por exemplo, por mais que saibamos que a febre não é uma doença mas sim um sinal de alerta do organismo continua-se a tratar tal mal como uma doença, priorizando o sintoma e deixando a causa de lado, isto não se dá somente com a febre, as inflamações são um outro exemplo de sinal dado pelo organismo de que algo está errado, contudo as causas são ignoradas e o tratamento acaba por focalizar o desaparecimento da inflamação em si.

A Terapia Holística parte de uma outra visão, procura abordar as causas do problema e não tratar apenas conseqüências, focaliza o trabalho na pessoa doente e não na doença da pessoa, vai além, buscando descobrir os fatores emocionais, mentais e energéticos que criaram a condição para que uma doença tenha se instalado.

Buscando tratar cada pessoa como indivíduo único com suas particularidades individuais e dentro do ambiente em que vive e se desenvolve. Para ilustrar pensemos em duas pessoas que possuem um mesmo problema de saúde, podemos dizer, sem medo de errar que na grande maioria das vezes, embora o problema seja semelhante os caminhos pelos quais o problema se instalou são muito diferentes, a constituição de cada um dos envolvidos é única, temperamentos e caráter individuais que necessitam de uma abordagem também individual, aliás o termo indivíduo significa exatamente algo não dividido, total.

Tendo por fim orientar em sua pesquisa, temos abaixo o que forma esta totalidade no homem:
Corpo Físico
Corpo Vital
Corpo Emocional
Corpo Mental
Corpo Energético

A doença é, em última instância, o desequilíbrio entre estes campos no homem que acabam por afetar o Corpo Físico, a medicina trata deste último enquanto a Terapia Holística procura reintegrar o homem, restabelecendo a harmonia e o equilíbrio entre os diversos centros, quando se alcança o reequilíbrio o Corpo Físico reage mais prontamente a qualquer tratamento, inclusive ao alopático.

O que expomos não é teoria nova, trata-se, na verdade da mais antiga concepção acerca do homem, embora apenas recentemente a medicina tenha reconhecido o papel das emoções e pensamentos na saúde humana, no oriente esta visão tem orientado os últimos 5.000 anos de pesquisas com resultados fantásticos, no ocidente podemos encontrar rudimentos deste modo de ver entre várias tribos, e também teorias muito refinadas entre povos antigos, como os nativos do Hawaí por exemplo, que dentro de uma ciência milenar já descreviam processos avançados de Psicologia e Terapia, eles conheciam o subconsciente e o seu papel, conheciam o consciente e ainda tinham profundos conhecimentos do superconsciente.

Hipócrates ( ? 460- 377 AC), tido como o Pai da medicina, tinha sobre esta idéias que muito destoam do que atualmente encontramos nas faculdades, Paracelso (1490-1541) falou sobre o impacto das emoções e pensamentos sobre a saúde humana há mais de quinhentos anos, Samuel Hahnemann (1785 – 1843) elaborou toda a teoria da Homeopatia partindo da visão Holistica, para Hahnemann o menos importante era saber o nome da doença, sendo o ponto crucial conhecer o doente.

Para o Terapeuta Holístico é da máxima importância este ponto, devemos conhecer o doente, seus hábitos, sua vida, alimentação, sua vida afetiva etc., cada informação tem o seu lugar dentro deste processo.

Percebemos, pelo exposto acima, que a Terapia Holística é parte de um conhecimento milenar, que antes de ser negado, dia a dia é confirmado por pesquisas ao redor do mundo, por outro lado, ao contrário do que afirmam seus opositores as Terapias Holísticas possuem o mérito de engrandecer o conhecimento humano com técnicas profundas e completas.

************************
Bem vindos!
»« Que esta art&xperiência seja instrumento criador de harmonia, felicidade e benefícios para todos.»«

" Nenhuma informação VITAL tem dono.
Nenhuma informação VITAL pode ser sonegada."



»«



Karla Kinhirin
Terapia Corporal · Quiropraxia
Consultoria e Orientação Holística
desde 1993



Multiversidade - formando praticantes, terapeutas, facilitadores, cuidadores - do presente!
SER em constante construção, mutação, transformação ... assim como este blog ...

»« »« »« »« »« »« »« »« »«»« »« »« »« »« »«








»« Uma Alkimica Art&xperiência em Terapias Holísticas »« O PROCESSO DE AUTO-CURA



»« Instrumentos de Auxílio para a Cura Universal »«

»« Consultoria e orientação Holística »«


»«

“QUEM SOU EU E O QUE POSSO FAZER 
NESSE PLANETA FANTÁSTICO?” 

Idealmente e na prática queremos trabalhar juntos de uma forma co-criativa com outros de mente e intenção semelhantes, que também sentem em si mesmos o poder da coragem e do amor para desafiar a supressão do conhecimento e a doutrinação da raça humana, que causou tantas doenças, desconforto, estresse e insegurança em muitos de nós.

Minhas questões sempre têm sido “Quem sou eu?” e “O que posso fazer nesse planeta fantástico?”.

Quando olho ao meu redor, vejo as massas completamente perdidas em relação ao propósito da vida e do amor.

Aqueles com uma visão mais profunda da vida sempre foram ridicularizados pelas forças do poder, porque se fizessem o que é certo, isto teria implicações catastróficas para os sistemas religioso, econômico, político e militar.

Assim, suas visões foram suprimidas.

E quando a supressão não foi possível, aqueles que possuíam o conhecimento eterno foram ridicularizados, condenados, criticados ou diminuídos de todas as formas possíveis.

As mentes de bilhões de pessoas foram programadas para acreditar que o dinheiro é superior ao amor, então as massas veneram o dinheiro como seu Deus e senhor e vivem em total ignorância sobre quem são, de onde vêm e o que podem fazer no nosso planeta, que incidentalmente é a nossa casa.

A maioria das pessoas não tem nenhum pensamento em suas mentes que não tenha sido plantado lá por alguém ou por alguma coisa.

Nós precisamos nos lembrar novamente do propósito da nossa própria existência e despertar da amnésia espiritual que nos fez entrar em conflitos, guerras e egoísmo por milhares de anos.

É chegada a hora de contatar de novo nossa Consciência Superior e memória e curar a separação que existe entre nós e os outros.

Meu trabalho e desejo é ajudar a restabelecer as ligações com essa memória.
Quando conseguimos acessar nosso próprio poder, tudo pode ser curado.

Aqueles de nós que caminham pela estrada da auto-descoberta são os que lideram no processo do despertar e, como resultado, desejam servir aos outros com seu conhecimento e seu amor.

Eles entendem a lei básica do investimento, que quanto mais você investe, maior será o retorno. Assim como quanto mais você ama, mais é amado.

Trabalhar conjuntamente em cooperação só pode ser realizado por aqueles que, através de suas experiências, aprenderam a ver o significado e propósito maiores da vida.

Estamos no limiar de uma mudança indescritível e incompreensível.

Não temos tempo para pensar de modo egoísta ou permitir que o medo nos controle.
Vamos nos ajustar a essas mudanças estimulantes e fazer o que nunca fizemos antes: unir nossas forças e consciências em confiança e fazer o melhor possível para ajudar e curar os outros de acordo com nossas habilidades.

Porque cada um é parte de nós e o que quer que você ajude a curar nos outros, você cura em si mesmo.

Então para ajudar na restauração da Humanidade 
– para esse propósito nós poderíamos dirigir nossa energia e consciência criativa –
 a escolha é: você é cooperativo ou não?

E a última questão para todos nós na partida do planeta Terra será:
 "Quantas pessoas você serviu e quão bem você as serviu?”



Consciência é a Resposta - assista a vídeo entrevista com Robert Happé

****************************************



Nos EUA, o conceito de saúde holística foi legitimado por programas federais e estaduais, endossado por políticos, estimulado e endossado por companhias de seguros. 

 A esperança de uma verdadeira transformação social não precisa repousar em evidências circunstanciais. 

Uma das áreas principais - os cuidados com a saúde - já começou a experimentar uma profunda mudança. A iminente transformação da medicina é uma abertura para a transformação de todas as nossas instituições.

Vemos o surgimento dos que buscam de modo autônomo a saúde, a transformação de uma profissão, o impacto de novos modelos da ciência, a forma pela qual redes descentralizadas estão efetuando uma modificação realmente profunda, acelerando uma mudança de paradigma, alterando nossa imagem da saúde e nossas expectativas.

 Valorizam-se o “aikidô político” em lugar da confrontação, a exploração das fontes de poder já existentes, o potencial das psicotecnologias e poder da intuição, dos laços humanos e da atenção ao que vem de dentro. Apesar de toda a sua fama de conservadora, a medicina do Ocidente está passando por uma surpreendente revitalização.

Tanto pacientes como profissionais começam a ver além dos sintomas, atingindo outros contextos da enfermidade: tensão, sociedade, família, alimentação, momento, emoções.

Os hospitais, de longa data bastiões de uma eficiência árida, estão se apressando em proporcionar ambientes mais humanos para nascimento e morte, normas mais flexíveis. Sustentados por uma tempestade de pesquisas sobre a psicologia da doença, os profissionais que anteriormente separavam a mente do corpo tentam juntá-los de novo. Ninguém percebera como o velho modelo médico era vulnerável.

Em poucos anos, sem que nenhum tiro fosse disparado, o conceito de saúde holística foi legitimado por programas federais e estaduais, endossado por políticos, estimulado e endossado por companhias de seguros, aceito sua terminologia (ainda que sempre na prática) por muitos médicos, e adotado por estudantes de medicina.

Os consumidores exigem a “saúde holística”, um novo tipo de empresários a promete e grupos médicos procuram porta-vozes que a expliquem.

Artigos sobre o contexto humano da medicina aparecem com crescente freqüência na imprensa especializada.

Um ex-editor do Journal of the American Medical Association descreveu seu próprio emprego do toque uma batidinha nas costas, um caloroso aperto de mão.
Ele acha que os profissionais modernos podem ouvir melhor os órgãos do que os bons clínicos antigos, mas que os antigos ouviam melhor as pessoas.

Desconfio que ocorreu alguma atrofia de nossos sentidos de diagnose quando a observação subjetiva foi substituída pelas informações objetivas dos laboratórios”.

Uma outra publicação Médica expressou num editorial sua preocupação sobre “as habilidades esquecidas” a necessidade de novos médicos reconhecerem os aspectos espirituais, psicológicos e sociais da doença.

MEDICINA EU-TU

Parecemos ter atravessado um período de “ciência” médica árida, e agora começamos a voltar. Os próprios médicos estão escrevendo e falando a respeito da dimensão perdida na cura.

Um editorial no American Medical News censura a crise de relações humanas na medicina:

“A compaixão e intuição foram esquecidas... Os médicos devem reconhecer que a medicina não é sua reserva particular; mas uma profissão em que todas as pessoas têm um interesse vital...
Será preciso grande habilidade médica para corrigir uma importante falha - o senso de amor não correspondido do paciente”.

Um artigo em uma publicação de odontologia citou Teilhard de Chardin: 

“O amor é o aspecto interno, emocionalmente abrangente, da afinidade que aproxima e une os elementos do mundo... O amor é de fato o agente da síntese universal.”

Em Modern Medicine, um médico escreveu com amargura sobre “O Desuso das Mãos”.

Os barmen, disse ele, fazem com que as pessoas sintam-se melhor, mas nós, médicos, normalmente fazemos com que se sintam pior”.

Simpatia e consolo foram deixados para outros profissionais, muitos deles fora da corrente principal da medicina. “Aos médicos restaram os formulários de requisição de exames e os blocos e receitas para que prossigam em sua cada vez mais automatizada, polida, científica e impessoal 'arte'.”

Um pungente relato de um cirurgião-ensaísta descreveu o médico do Dalai-Lama percorrendo um hospital americano. O médico tibetano fez um diagnóstico através do pulso de uma paciente:

“Durante a meia hora seguinte ele permaneceu assim, inclinado sobre a paciente, como um exótico pássaro dourado com as asas dobradas, mantendo o pulso da mulher sob seus dedos, aninhando a mão dela na sua. Toda a força do homem parecia ter-se concentrado nesse objetivo... E sei que eu, que tomei mais de 100.000 pulsos, nunca senti verdadeiramente um deles.”

“O tibetano, diz o ensaísta, diagnosticou com precisão um tipo de perturbação cardíaca congênita, com base apenas no pulso da paciente.”

“A atitude terapêutica deveria ser 'O que posso fazer para ajudar?'. 
Nós deveríamos oferecer simpatia e auxílio antes de pedirmos os primeiros testes.”

****************************************************


Água de Beber, camarada...
Como a água pura age?

Consumindo água potável comum da maneira correta, purifica-se o corpo humano.
Torna o cólon mais efetivo, formando sangue novo, conhecido em termos médicos como “hematopoise” .

Que as dobras da mucosa do cólon e dos intestinos são ativadas por este método, é um fato conhecido, assim como a teoria de que o sangue fresco é produzido nas dobras da mucosa.
Se o cólon for limpo, então os nutrientes da comida tomada várias vezes ao dia, serão absorvidos e, pela ação das dobras na mucosa, estes serão convertidos em sangue fresco.

O SANGUE É DE IMPORTÂNCIA FUNDAMENTAL na cura de doenças e na restauração da saúde, e para isso a água deve ser consumida de forma rotineira. Nós solicitamos veementemente que o método abaixo deva ser lido e praticado cuidadosamente.

Água de Beber

Falta de água é o fator nº 1 causador de fadiga durante o dia.

*Estudos preliminares indicam que de 8 a 10 copos de água por dia poderia aliviar significativamente as dores nas costas e nas juntas em 80% das pessoas que sofrem desses males.

*Uma mera redução de 2% da água no corpo humano pode provocar incoerência na memória de curto prazo, problemas com matemática e dificuldade em focalizar uma tela de computador ou uma página de impressa.

*Beber 5 copos de água por dia diminui o risco de câncer no cólon em 45%, pode diminuir o risco de câncer de mama em 79% e em 50% a probabilidade de se desenvolver câncer na bexiga.

*Um copo de água corta a sensação de fome durante a noite para quase 100% das pessoas em regime.

Você está tomando a quantidade de água que deveria todos os dias?


Formatado para impressão em:



Ressalta-se que a prática recomendada: tomar 1,5 L de água pela manhã, gradativamente, assim como qualquer prática terapêutica ou evolutiva deve ser entendida como um caminho de aprendizado e não como uma obsessão.

Após uma primeira experiência inicial (média de uma semana), o seu relacionamento com a água e a lubrificação do corpo (ingestão de líquidos e gorduras de uma forma em geral) passa a ser outro, bem mais saudável e consciente.

Por exemplo: mesmo que você não tome 1,5 litros de água assim que acordar, provavelmente você vai ter vontade de tomar certa quantidade de água (o tanto que o fizer se sentir bem) ainda em jejum e esperar algum tempo antes de tomar/comer qualquer coisa.

Haverá uma tendência de você ter mais consciência do que estará acontecendo quando tomar água, ou qualquer outro líquido, isso tanto para essa primeira ocasião do dia, quanto para em qualquer horário, lembrando que esse aumento de consciência e atenção representa diretamente um ganho permanente dentro do seu processo de expansão de consciência, além de reforçar seu estado de alerta, saúde e equilíbrio constantes.

A ÁGUA CURA TUDO

Água é uma substância divina, indispensável para a nossa vida física.

Quando nascemos possuímos quase 80 % de nosso peso constituído de água e quando morremos, com idade avançada, possuímos apenas cerca de 40 % de água no corpo (média entre todos os tecidos corporais, já que cada tecido possui uma dada porcentagem de água).

Isso mostra que um modo de vida inadequado leva a uma contínua desidratação dos tecidos (das células) com o decorrer do tempo.
Se a porcentagem de água vai diminuindo, qual é a substância que vai aumentando sua porcentagem com o avançar da idade?

São as substâncias ÁCIDAS!
Já está descoberto pela ciência, que os fluidos do corpo humano, para seu bom funcionamento, devem ser ALCALINOS (ou básicos), correspondendo a um índice de pH um pouco acima de 7,0. Acúmulos de substâncias ácidas servem de alimento para todos os microorganismos patogênicos em nosso corpo físico (bactérias, bacilos, fungos, vírus, vibriões, amebas, etc.).

Alguns desses microorganismos parasitas podem crescer até tamanhos enormes, como lombrigas, solitárias, tênias, etc.
Portanto, um modo errado de viver (cheio de “pecados”) leva a três eventos concomitantes: desidratação, acidez e surgimento de microorganismos parasitas patogênicos!

Todos os três sintomas serão eliminados se conseguirmos hidratar adequadamente as células do nosso corpo físico.

"Terapia pela água
Beba 6 copos de água (1,5 litros). E tenha saúde! APENAS BEBENDO ÁGUA PURA! Você nunca poderá acreditar se não praticar".


Os ancestrais mexicanos e sul-americanos chamavam esta terapia de “Usha Paana Chikitsa”. (que cura muitas enfermidades )

Vejamos a lista de doenças que têm sido tratadas com esta terapia.

Pressão sangüínea / hipertensão Anemia (sangue insuficiente) Reumatismo (dor nas juntas/músculos) Paralisia geral Obesidade - Artrite Sinusite - Dor de cabeça Taquicardia - Tosse Asma . Bronquite - Tuberculose pulmonar Meningite - Pedra nos rins Doenças urogenitais Hiper-acidez - Gastroenterite Disenteria - “piodapse” retal Constipação - Diabetes Doenças nos olhos Hemorragia oftálmica & oftalmia (olhos vermelhos) Menstruação irregular Leucemia - Câncer uterino Câncer do seio - Laringite, etc.

Como fazer esta terapia pela água?

1) De manhã, logo ao levantar (antes de escovar os dentes), beba 1,5 litros de água, (5 a 6 copos). Depois pode lavar-se. (Aumente gradativamente, dia a dia até atingir a quantidade, depois diminua até atingir o quanto lhe faça sentir-se bem)  
2) Manter o jejum por uma hora. Não ingerir nenhuma bebida nem comida por 1 hora após beber 1,5 litros de água.
3) Observe que nenhuma bebida alcoólica deve ser tomada na noite anterior e enquanto dure o tratamento.
4) Use água de fonte ou mineral, se for água de torneira deve ser fervida ou filtrada.

É possível beber 1,5 litros de água de uma vez?

É difícil beber 1,5 litros de água de uma vez, em jejum, mas você se acostuma gradualmente. A princípio, pode tomar 4 copos primeiro e completar com dois copos após um intervalo de alguns minutos. Pode sentir necessidade de urinar 2 a 3 vezes dentro de uma hora, mas em pouco tempo seu corpo volta a normalidade.

Investigação e Experiência

As seguintes enfermidades, entre outras, têm encontrado cura com esta terapia em aproximadamente: *Constipação 1 dia *Acidez 2 dias *Diabetes 7 dias *Hipotensão & hipertensão 4 a 12 semanas *Câncer 4 semanas *Tuberculose pulmonar 3 meses

Artrite / Reumatismo Recomenda-se que pessoas que sofram de artrite ou reumatismo deveriam praticar esta terapia 3 vezes ao dia, de manhã, ao meio dia e a noite, uma hora antes das refeições – por 1 semana; e 2 vezes ao dia subseqüentemente até a cura da enfermidade.

****************************************************


Vista-se de Consciência e Atos de Vontade!



Repense seus hábitos. Seja a favor da Vida...
Coloque um V em sua foto!